terça-feira, 28 de setembro de 2010

1ºFESTIVAL DE CURTA METRAGEM - COLÉGIO ADVENTISTA




No dia 26 de Agosto de 2010, no Auditório da Prefeitura de Santa Maria aconteceu o 1º Festival de Curta Metragem “Quebrando o Silêncio” do Colégio Adventista de Santa Maria.


Os alunos receberam a orientação da Profª. Helaine Simon e do Produtor de Cinema Clayton Coelho da Paz Produtora, que apresentou como fazer um curta metragem, desenvolver um bom roteiro e fazer uma boa edição.

Os alunos do Ensino Médio tiveram 40 dias para a produção dos curtas e, numa noite de gala, com auditório lotado e com um júri especializado em cinema foram apresentados todos os curtas participantes do festival.

Como jurados tiveram:

• Clayton Coelho – empresário da Paz Produtor

• Luiz Alberto Cassol, Produtor e Membro do Santa Maria Vídeo e Cinema

• Luiz Carlos Gassi, Jornalista, Produtor de Cinema e Presidente da Estação Cinema

• Roberto Barichelli, Ator, Músico, Secretário Adjunto de Cultura

• Maria Fátima Shirmer, 1ª Dama de Santa Maria

No dia seguinte a RBS, afiliada da Rede Globo, apresentou uma reportagem especial sobre o 1º Festival de Curta Metragem do Colégio, noticiando o resultado do Curta Vencedor que foi o “Olhos Insanos” que foi dirigido por Ismaile Barragan e teve como atriz principal Mayara Sigrilo, que pode ser assistido no seguinte endereço: http://www.youtube.com/watch?v=Yp2FSoGPqvg ou no final desta página.

 
 
 
 

• Motivando os alunos a assintirem curtas.
• Pesquisar sobre outros curtas metragem.
• Ler reportagens ligadas ao tema - QUEBRANDO O SILÊNCIO  (cada aluno lê e traz para a sala de aula - reportagens diferentes)
• Pesquisar como elaborar e o material necessário para a atividade.
• Prever despesas financeiras.
• Escrever o roteiro de acordo com o tema.

As dificuldades foram surgindo de acordo com as pesquisas e elaboração do texto feito pelos alunos. Para sanar algumas dúvidas foi usado o laboratório de informática e o apoiados pelo monitor do laboratório Josias Pereira, o Messenger também foi uma ferramenta usada para avaliação dos textos e ajustes necessários. Chegamos ao início das filmagens e surgiram mais adversidades. Como solucioná-las? “Diz um provérbio: Quem tem um amigo, tem em tesouro”, e nós temos amigos; e eles foram incansáveis e motivadores. O nosso primeiro amigo foi Neimar Iop que entrou em contato com Clayton Coelho e, prontamente, acolheu a ideia. Assim, a boa vontade e a motivação de Clayton Pereira disponibilizando oficinas para orientá-los e indicando equipamentos foi, portanto, o fator decisivo para a realização dos trabalhos.


 
 
Nessa fase, a importância do professor e a responsabilidade dos alunos foram fundamentais. Um dos objetivos foi a reflexão de valores importantes como: a importância do conhecimento, valorização dos órgãos públicos e de onde provem esse dinheiro, o exercício da cidadania.


Os alunos tinham etapas a serem seguidas, avaliações constantes do trabalho desenvolvido, sugestão de melhorias, sabendo que se não as cumprissem, poderiam ser prejudicados, assim como nossa responsabilidade no mundo como cidadãos. Trabalhou-se a importância das ações preventivas para que o evento ocorresse de modo tranquilo e todos os trabalhos fossem apresentados sem falhas. A responsabilidade dos alunos, esclarecendo que o evento dependia deles. E qualquer irresponsabilidade atingiria uma rede muito grande de pessoas. Sendo assim, foi trabalhada com os alunos a importância de cada ação individual e as consequências de suas ações, do trabalho elaborado pela equipe e o comprometimento de todos, portanto o exercício de cidadão e seus reflexos na sociedade.



Aos nossos amigos, juradores e colaboradores nossa gratidão.




video




video




video


DÊ SUA OPINIÃO!
RESPONDA AS ENQUETES NO FINAL DESTE BLOG





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Procurando alguma coisa?